Seguidores

domingo, 16 de dezembro de 2007

Adalgísio Serafim da Silva

Nasci no bairro rural chamado córrego da Boa Vista em Sericita e desde pequenino aprendi a admirar o tio Adalgísio, homem íntegro, que dedicou toda sua vida a cuidar da sua família e a pregar a paz e o amor ao seu redor.
Dizem que todos nós temos um fardo a carregar neste mundo e que este fardo faz parte de nossa transição para uma vida melhor que nos espera no paraíso.
Tio Adalgísio, carregou um fardo bastante pesado, mas sempre alegre, nunca reclamou da vida, sempre lutou por dias melhores para sí e para os seus, dando exemplo a todos nós como uma pessoa pode ser digna, como pode ser honrada, como pode sobreviver sem precisar "pisar" sobre os escombros de ninguém.
Tio Adalgísio é um bom exemplo para todos nós que continuamos nossa caminhada.

SAUDADES!








5 comentários:

  1. E sempre bom relembras a sericita de antigamente, o joao do mato faz parte da nossa historia!
    E preciso que as autoridades de sericita se acorde pois o tempo passa e a cada dia sericita vai perdendo seus costumes e historia.
    Eu sou um amante de sericita e falo isto com o coraçao partido se nao corremos atras do que é nosso agora um dia nao vamos ter boas recordaçoes dos nossos antepassados que fez a nossa sericita ser o que é hoje!

    ResponderExcluir
  2. Lindas fotos José. O Sr. Adalgísio foi um exemplo de honrades, humildade,carisma e muitas outras virtudes que se fossemos listar seriam enormes. Dona Clarrise sempre ao lado, sendo uma esposa e uma esposa exemplar, que sempre cuidou de sua família. Essas duas pessoas são exemplos em nossa cidade, que devem ser lembrados e imitados. Meu muito obrigado a Deus por ter tido a oportunidade de conhecer pessoas tão maravilhosas. Sr. Adalgísio, saudades...

    ResponderExcluir
  3. Maria da Penha Silva Coelho9 de novembro de 2010 13:18

    josé Geraldo, se não me engano acho que somos parentes.Sou filha de um casal sericitense. Manoel Silva, filho de Pedro gomes da Silva e maria Catarina, Filha de Manoel Sesário e Maria Paula dos Reis. Depois que descobri este jornal de sericita, acesso sempre pois não nasci aí mas é como se tivasse nascido, apesar de não conhecer todos pessoalmente mas, é como se conhecesse pois tanto papai como mamãe conversavam muito conosco sobre a famíia e contava muitas histórias, falava dos lugares,das pessoas com quem conviveram,e sempre com bom humor,falava das festas, etc.Ao ver as fotos do tio Aldargísio,apesar da saudade me sinto bem por ter boas lembranças e ver a imagem de uma pessoa que sempre trouxe em sua vida a presença de Deus.Semelhante a ele falo também de meus pais que teve a mesma sina de lutar muito com enfermidades e nunca reclamou.Deixou nos bons exemplo,e hoje só nos rsta a saudade

    ResponderExcluir
  4. Maria da Penha Silva Coelho acho q somos parentes ! Vc é sobrinha do meu avô Pedro de Oliveira(irmão da sua mãe)e prima da minha mãe Analice. Reconheci pelos nomes dos pais deles. O vô me conta muitas histórias. Sou Ana Carolina.

    ResponderExcluir
  5. que saudades do tio adalgisio e que gracinha ficou a foto do tio nelson,nao mudou nada.....

    ResponderExcluir